Gulfstream amplia purificação do ar na cabine com novo sistema de ionização de plasma

Programa funciona emitindo íons de oxigênio positivos e negativos que procuram ativamente e suprimem moléculas nocivas no ar e nas superfícies

A fabricante Gulfstream Aerospace anunciou um aprimoramento adicional em sua experiência de cabine, investindo ainda mais na saúde do viajante por meio da ionização de plasma. O sistema de purificação de ar, que complementa o ambiente já 100% de ar fresco, provou em testes de laboratório matar patógenos e alérgenos. O programa de ionização de plasma, que opera sempre que o sistema de controle ambiental da aeronave está ativo, funciona emitindo íons de oxigênio positivos e negativos que procuram ativamente e suprimem moléculas nocivas no ar e nas superfícies. Esse processo neutraliza partículas, não apenas bactérias e vírus, mas também odores desagradáveis ​​de materiais orgânicos, como fumaça de cigarro. Mesmo quando funcionando apenas em uma unidade de energia auxiliar, o sistema produz milhares de íons em toda a aeronave, garantindo que o ar da cabine permaneça puro e as superfícies sejam desinfetadas enquanto a aeronave é preparada por fornecedores de pré-voo, equipes de limpeza e técnicos FBO semelhantes. O sistema está disponível como um retrofit nos modelos G650, G650ER, G550 e G450, com opções de instalação adicionais pendentes de certificação estrangeira e já é equipamento padrão nas aeronaves G650 e G650ER registradas nos EUA, assim como no G500 e G600. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn