O terceiro protótipo do helicóptero SH09 da Kopter, equipado com vários novos componentes e sistemas, fez seu primeiro voo esta semana.

A subsidiária da Leonardo, Kopter, informou hoje (04/02) que iniciou voos de um helicóptero de teste SH09 modificado equipado com muitos novos componentes, incluindo cabeça do rotor, caixa de engrenagens principal, mastro e configuração de controle de voo. O protótipo do monoturbina leve – apelidado de P3 – também apresenta a cabine de comando integrada G3000H da Garmin, marcando a primeira vez que o sistema voou em um helicóptero.

Após uma série de voos feitos em Mollis, na Suíça, o envelope de teste foi expandido para incluir subidas, descidas, autorrotação e curvas de até 5.000 pés. “A resposta geral do helicóptero às entradas de controle foi melhorada. Todas as manobras podem ser realizadas com precisão com informações deliberadas e precisas”, disse o piloto de teste Richard Grant. Kopter planeja usar o P3 para expandir os envelopes de peso, velocidade e altitude do SH09 enquanto avalia o novo conjunto de aviônicos da cabine de comando.

O SH09 fez seu primeiro voo em 2014 e, posteriormente, passou por várias grandes reformulações.

As metas de desempenho declaradas para o helicóptero de oito passageiros e US$ 3,5 milhões incluem uma velocidade de cruzeiro de 140 nós (260 km/h) e um alcance de 430 nm (800 km), equipado com um turboeixo Honeywell HTS900 de 1.020 shp.

Foto: Kopter