O Eviation Alice totalmente elétrico voará ainda este ano

 

Depois de receber a primeira unidade de propulsão elétrica (EPU) fornecida pela empresa irmã MagniX, a Eviation Aircraft disse esta semana que sua aeronave Alice totalmente elétrica deverá realizar o primeiro voo ainda este ano. "A entrega do MagniX é um dos marcos principais para fazer decolar a aviação totalmente elétrica, de baixo custo e sem emissões, com o primeiro voo do Alice", disse o CEO da Eviation, Omer Bar-Yohay.

De acordo com a Eviation, a certificação de tipo FAA do avião é esperada para o final de 2023. Isso é cerca de 12 meses depois do inicialmente previsto, com o atraso causado em grande parte pela interrupção por um incêndio que em janeiro de 2020 danificou um protótipo anterior durante os testes de solo em Prescott, Arizona. A origem do incêndio foi atribuída a uma falha em um sistema de bateria baseado em solo.

A empresa, que agora tem sede em Arlington, Washington, afirma que o Alice será capaz de transportar nove passageiros por mais de 800 km. A Eviation não quis comentar sobre boatos de que o design foi alterado – imagens vazadas publicadas online em janeiro mostraram um modelo retrabalhado com duas hélices voltadas para a frente no estabilizador horizontal de uma cauda em forma de T. O protótipo original tinha um par de hélices pusher nas pontas das asas e mais uma convencional na traseira da fuselagem.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn