Aerolíneas Argentinas fará voos especiais para a Ilha de Chipre transportando militares

Serão inicialmente dois voos, um em agosto e outro em setembro para a cidade portuária de Lárnaca

A companhia aérea Aerolíneas Argentinas e o Ministério de Defesa da Nação acordaram a realização de dois voos até a Ilha de Chipre para o transporte dos militares que se encontram trabalhando na Força das Nações Unidas para a manutenção da paz. Serão inicialmente dois voos, um em agosto e outro em setembro nos quais chegarão à cidade portuária de Lárnaca quase 250 membros, enquanto que outro tanto empreenderá o retorno ao país após uma missão de seis meses nos acampamentos de boinas azuis argentinos localizados ali. A empresa já realizou desde março, um total de 118 voos especiais a 16 países nos quais puderam retornar quase 30.000 argentinos. Além disso operou 34 voos para Xangai, na China, com o objetivo de trazer insumos sanitários na luta contra a pandemia mundial.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn