Aeronave A-29 Super Tucano completa 15 anos de operação na FAB

Modelo é utilizado pelos Esquadrões Joker, Escorpião, Grifo e Flecha, além da Esquadrilha da Fumaça

Em outubro de 2004, três aeronaves A-29 Super Tucano pousavam na então Base Aérea de Natal e chegavam ao Esquadrão Joker para o início de uma nova era na Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira. A chegada do modelo permitiu uma mudança significativa no processo de instrução dos novos pilotos de caça, uma vez que a análise de dados, antes e após o voo, passou a ser uma aliada dos alunos e instrutores. O Super Tucano é uma aeronave monomotor turboélice que conta com uma interface homem-máquina avançada, aliando precisão na navegação e ataque a um baixo custo de operação. Possui iluminação de cabine plenamente compatível com padrões NVG e sensores de imageamento infravermelho, essenciais nas missões de Apoio Aéreo Aproximado, Controle Aéreo Avançado e Reconhecimento Visual. Além do Joker, os Esquadrões Escorpião, Grifo e Flecha, sediados em Boa Vista/RR, Porto Velho/RO e Campo Grande/MS, também operam o A-29. Nesses 15 anos de operação na FAB, o modelo se fez presente em diversas operações de defesa do espaço aéreo, assim como nos grandes eventos ocorridos no Brasil. Além disso, participa da defesa aérea das fronteiras brasileiras e da interceptação de aeronaves ilícitas na região Amazônica. Em julho de 2015, o A-29 também passou a ser a aeronave operada pela Esquadrilha da Fumaça em suas demonstrações, após dois anos de implantação operacional e logística do avião. Passados mais de quatro anos, já são 214 apresentações, com execução de manobras e acrobacias em todas as regiões do país e no exterior. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER/Sgto. Bruno Batista 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn