Aeronaves da FAB atuam em combates a incêndios

Modelo C-130 Hércules tem capacidade de lançar até 12 mil litros de água

Auxiliar no combate a incêndios é uma das capacidades da Aviação de Transporte da Força Aérea Brasileira. Seja no sobrevoo para lançamento de água ou no transporte de material e pessoal para conter focos de incêndios, os militares e aeronaves dessa aviação estão preparados e em alerta para atuar em todo o País. Para cumprir esse tipo de missão, a aeronave de transporte C-130 Hércules é equipada com um sistema chamado MAFFS adquirido em 2007. O aparelho é composto por cinco tanques de água e dois tubos que se projetam pela porta traseira do avião. Esse sistema pode levar até 12.000 litros de água. Os pilotos que operam o C-130 com o equipamento passam por um treinamento específico em que é necessário um mínimo de 500 horas de voo na aeronave. Para realizar corretamente a missão, o avião tem que sobrevoar a área do incêndio numa altitude de 50 metros e acionar o equipamento. O lançamento por meio de pressão dura poucos segundos e a própria inércia se encarrega de espalhar o líquido sobre o fogo. Após o lançamento, a aeronave volta para base, onde recebe um novo carregamento de água. O processo de recarga dura cerca de 12 minutos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn