Aeronaves da FAB iniciam combate ao fogo na Chapada Diamantina

Um helicóptero Super Puma vai ajudar no transporte de brigadistas para áreas de difícil acesso

Uma aeronave Hércules C-130 e um helicóptero Super Puma da Força Aérea Brasileira começam a ser empregados no combate ao incêndio na Chapada Diamantina, na Bahia. A base das operações será no município de Lençóis, distante cerca de 400 km da capital baiana, Salvador. O Hércules é equipado com o sistema chamado MAFFS. O aparelho é composto por cinco tanques de água e dois tubos que se projetam pela porta traseira do C-130. Esse sistema pode levar até 12.000 litros de água. O lançamento por meio de pressão dura poucos segundos e a própria inércia se encarrega de espalhar o líquido sobre o fogo. Após o lançamento, a aeronave volta para base, onde recebe um novo carregamento de água. O processo de recarga dura cerca de 12 minutos. Já o helicóptero H-34 Super Puma será empregado para o transporte de tropa para locais onde o acesso só é possível por via aérea ou caminhada, que pode durar de duas a três horas. Em média a aeronave tem capacidade para traslado de 16 pessoas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn