Airbus A330 MRTT de Cingapura atinge capacidade operacional total

 

As seis aeronaves Airbus A330 Multi Role Tanker Transport (MRTT) da Força Aérea da República de Cingapura atingiram a capacidade operacional total (FOC) em 20 de abril, dando-lhe uma capacidade de transporte aéreo estratégico sem precedentes na região do Sudeste Asiático. A aeronave voa com o 112 Squadron na base aérea Changi-East, onde o primeiro foi etregue em setembro de 2018.

 

Comparado com o Boeing KC-135R Stratotanker que foi adquirido para substituir, o MRTT pode transportar 20% mais combustível, o dobro da carga e cinco vezes mais passageiros. Ele também pode fornecer mais e melhores provisões de cuidados médicos para um voo de evacuação aeromédica, com um arnês especializado e fonte de energia para até três pacientes de unidade de terapia intensiva ou 12 pacientes de cuidados leves em macas. No KC-135R, a equipe aeromédica teve que trazer seus próprios bancos de energia, e macas e camas foram amarradas às tábuas do piso.

 

Outra nova capacidade do MRTT é o recurso de reabastecimento de tanque para tanque, que permite à RSAF implantar recursos em todo o mundo sem escalas e também recuperar aeronaves de suas bases de treinamento no exterior. “Para nossos caças, o MRTT oferece a capacidade de alcançar partes distantes do globo e, correspondentemente, a garantia de que recuperaríamos nossos ativos de qualquer parte do mundo, onde a situação o justificasse. Essa é uma verdadeira fonte de garantia”, disse o ministro da Defesa, Dr. Ng Eng Hen, na cerimônia do FOC.

 

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn