Anuário da Aviação Geral mostra que Regiões Norte e Nordeste cresceram acima da média

Destaque foi para o aumento de aviões anfíbios

Um levantamento feito pela Associação Brasileira da Aviação Geral para o Anuário Brasileiro de Aviação Geral revela que no ano passado as regiões Norte e Nordeste do país tiveram um expressivo crescimento em relação a frota. Só a região Nordeste cresceu 6%, o que significa 77 novas aeronaves incorporadas à frota. Destes, 37 são aviões convencionais movidos a pistão e 18 novos helicópteros. Segundo o Anuário, o avanço se deu por conta da categoria de Serviço de Instrução (PRI), apresentando um aumento de 11%. A Região Norte também cresceu 4%. Isso significa um incremento de 59 aeronaves. De acordo com o relatório, o responsável pelo crescimento foi o Serviço Aéreo Privado (TPP). Apesar de 46 novas aeronaves incorporadas à frota serem convencionais movida a pistão, a surpresa foi em relação ao anfíbios, cuja frota ficou 10% maior do que a do ano anterior. Mais informações no portal www.abag.org.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn