Boeing suspende temporariamente as operações da unidade de produção na Filadélfia

Instalação produz aeronaves H-47 Chinook e V-22 Osprey para clientes de defesa

A fabricante norte-americana Boeing anunciou a suspensão temporaria das operações de produção em suas instalações em Ridley Township, Pensilvânia, à luz da avaliação contínua da empresa sobre a expansão do COVID-19 na região. Essa ação visa garantir o bem-estar dos funcionários, suas famílias e comunidades locais e incluirá um desligamento ordenado consistente com os requisitos dos clientes de defesa dos EUA e do mundo. A empresa suspenderá as operações a partir do próximo dia 3 de abril. O local inclui instalações de produção de aeronaves militares, incluindo o H-47 Chinook, o V-22 Osprey e o MH-139A Gray Wolf. A suspensão das operações durará duas semanas, com retorno ao trabalho previsto em 20 de abril. Durante a suspensão, a Boeing continuará a monitorar as orientações e ações do governo na crise e os impactos associados nas operações da empresa, que realizará atividades adicionais de limpeza em todo o local e estabelecerá critérios rigorosos para o retorno ao trabalho.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn