Brasil registrou 4,6 mil relatos de ocorrências com animais em 2013

Aumento em relação ao ano anterior chegou a 21,62%

 O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos publicou os dados anuais brasileiros de Risco da Fauna em 2013. O órgão da Aeronáutica recebeu 4.600 relatos de ocorrências envolvendo aviões e animais nos aeroportos no Brasil. A maior parte dos relatos foram avistamentos, com 2.344 casos. Em relação ao relatório do ano anterior, quando foram registrados 3.782 casos, houve um aumento de 21,62%. O banco de dados nacional de risco de fauna é mantido pelo Cenipa, com informações de avistamentos, quase colisões e colisões com fauna ocorridas nos aeródromos brasileiros e enviadas pela comunidade aeronáutica. O Sistema Integrado de Gerenciamento do Risco Aviário (SIGRA) serve como fator de integração entre operadores de aeronaves, de aeródromos e controladores de tráfego aéreo, civis e militares. No mundo, estima-se que a parcela de colisões comunicada aos órgãos responsáveis pelo registro de dados de risco de fauna esteja entre 20% e 40% do número real das ocorrências. No Brasil, toda colisão com fauna é caracterizada como incidente aeronáutico e deve ser reportada ao Cenipa. As quase colisões e os avistamentos também devem ser reportados por contribuírem para a avaliação do risco e nortearem ações de prevenção. Para mais informações, acesse o portal www.fab.mil.br .

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn