Caças da FAB decolam do Rio Grande do Sul e cumprem missão no Mato Grosso

Objetivo foi reconhecer áreas de interesse na fronteira do Brasil com a Bolívia

Dois caças de reconhecimento RA-1 (AMX) da Força Aérea Brasileira cumpriram recentemente um voo de mais de 3,6 mil quilômetros, com mais de 5 horas de duração. As aeronaves decolaram de Santa Maria/RS para capturarem imagens de áreas de interesse na fronteira do Brasil com a Bolívia, sobre o estado do Mato Grosso. A missão faz parte da Operação Ágata 9 e tem como objetivo obter dados fundamentais para o combate das atividades ilícitas nas áreas de fronteira. As aeronaves do Esquadrão Poker realizaram duas operações de reabastecimento aéreo com apoio de aeronave KC-130 do Esquadrão Gordo, na ida e na volta, sobre o estado do Mato Grosso do Sul. As áreas, localizadas a até 61 km da fronteira com a Bolívia, foram identificadas por meio do sensor Reccelite. É um dos mais modernos utilizados atualmente, inclusive por outras forças aéreas do mundo, por ser capaz de realizar o sensoreamento de áreas com câmeras visuais e infravermelhas em qualquer condição. Foto: Benito Latorre

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn