Contrato entre FAB e Receita Federal vai otimizar treinamento de pilotos

Acordo com duração de cinco anos trará economia de 30% nos custos

Uma economia de cerca de 30%. Esse é o resultado da parceria entre a Força Aérea Brasileira e a Secretaria da Receita Federal na assinatura do Termo de Execução Descentralizada com a empresa Bond Trading Services, sediada na Inglaterra, para o treinamento de pilotos no simulador do helicóptero EC-135, operado pelas duas instituições. A FAB e a Receita Federal devem enviar anualmente cerca de 15 pilotos para realizar o treinamento no simulador. A princípio, os pilotos da FAB serão instrutores que vão auxiliar os aviadores da Receita. O objetivo, no futuro, é que a Receita possua seus próprios instrutores e a FAB também envie seus pilotos para treinar no simulador. O contrato terá duração de cinco anos. Mais informações no portal www.fab.mil.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn