Embraer

Aparelhos serão empregados em treinamento avançado, vigilância de fronteiras e segurança

A fabricante brasileira Embraer e o Ministério da Defesa da República de Gana assinaram contrato para a aquisição de cinco aviões turboélice de ataque leve e treinamento avançado A-29 Super Tucano. O contrato inclui apoio logístico para a operação destas aeronaves, assim como a instalação de sistema de treinamento de pilotos e mecânicos em Gana a fim de tornar a força autônoma na formação de pessoal qualificado. Os aparelhos serão empregados em missões de treinamento avançado, vigilância de fronteiras e segurança interna. O contrato entrará em vigor uma vez que tenham sido cumpridas determinadas condições, que deverão ser preenchidas durante o segundo semestre deste ano.