Emirados Árabes Unidos e os Estados Unidos chegam a um acordo sobre a venda de jatos F-35

Os Emirados Árabes Unidos assinaram um acordo para a compra de até 50 caças F-35 e 18 drones MQ-9 Reaper dos Estados Unidos. O acordo foi um dos atos finais do governo Trump, ocorrendo apenas uma hora antes da posse do presidente Joe Biden.

O acordo define o custo da aeronave, as especificações técnicas e o cronograma de entregas do F-35 aos Emirados Árabes Unidos. Não foi confirmado quando o primeiro F-35 deve ser entregue em Abu Dhabi, mas afirmaram que uma proposta inicial estipulava 2027 como uma data possível.

Inicialmente, o negócio com os Emirados Árabes Unidos foi estimado em US$ 23,37 bilhões, incluindo 50 caças F-35A no valor de US$ 10,4 bilhões, 18 drones MQ-9B no valor de US$ 2,97 bilhões e US$ 10 bilhões em munições ar-ar e ar-solo, mas esses valores devem mudar durante as negociações com a Lockheed Martin fabricante do F-35 e a General Atomics, que fabrica o MQ-9.

Antony Blinken, escolhido para secretário de Estado por Joe Biden disse a jornalistas, no final do ano passado, que a venda é "algo que olharíamos com muito, muito cuidado", devido às obrigações dos EUA de preservar a vantagem militar qualitativa de Israel.

Foto: Divulgação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn