FAB

Tripulação da FAB lançou uma carga com 1.040 quilos

Uma tripulação do Esquadrão Arara, sediado na Base Aérea de Manaus, realizou um ressuprimento aéreo real a partir da aeronave C-105 Amazonas. Com um alvo aquático, a missão era suprir uma tropa do Exército Brasileiro que realizava um curso de operações na selva. Totalizando 1.040 quilos de carga a bordo, composta por rações operacionais e munições, o hidropallet – suporte onde a carga é acondicionada – teve sua montagem e supervisão executada em conjunto com os mestres de cargas do próprio esquadrão da Força Aérea Brasileira e a equipe de Dobragem, Manutenção de Paraquedas e Suprimento pelo Ar (DOMPSA) do Exército. A missão que exige perícia dos militares foi realizada com êxito. A tripulação da FAB fez o ressuprimento na hora prevista e lançou a carga com precisão de 100 metros, garantindo o reabastecimento da tropa. Os militares do Exército participavam de um curso de operações ministrado pelo Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS). Uma das missões da Aviação de Transporte da FAB, a qual o Esquadrão Arara pertence, é o lançamento de cargas para suprir tropas, seja em tempos de paz ou em ambientes hostis. A atividade de lançamento depende não só dos pilotos, mas também do mestre de cargas ou load master, profissional responsável por controlar a carga e o pessoal transportados no avião. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER