FAB

Objetivo é preparar o Esquadrão Pantera para atuar em missões de alto grau de risco e complexidade

O Exercício Técnico de tiro lateral terrestre do Esquadrão Pantera foi realizado entre os dias 30 de setembro e 11 de outubro, no Campo de Instrução de Santa Maria (CISM), no Rio Grande do Sul. A bordo dos helicópteros H-60L Black Hawk, a unidade aérea realizou voos diurnos e noturnos, adaptação para os novos pilotos e tripulantes, além de formação para o uso dos óculos de visão noturna NVG (Night Vision Goggles). O Esquadrão realizou os tiros com as metralhadoras laterais Minigun M-134, calibre 7.62mm, com cadência de 3.600 tiros por minuto. Os militares fizeram o adestramento das táticas e técnicas de emprego aramdo em alvos terrestres. O objetivo do treinamento é preparar o Esquadrão que é acionado para atuar em missões de alto grau de risco e complexidade, que visam coibir delitos como narcotráfico internacional, contrabandos e descaminho, tráfico de armas e munições, crimes ambientais e garimpos ilegais. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER/Tenente Luiz Fernando