Esquadrão Escorpião comemora a marca de 70 mil horas de voo

Número expressivo foi atingido em voo de treinamento e formação de Líderes de Esquadrilhas da Aviação de Caça

Eram 8 horas e 50 minutos do último 16 de fevereiro em Boa Vista/RR, quando uma formação com quatro aeronaves A-29 do Esquadrão Escorpião decolou para realizar um voo de treinamento e formação de Líderes de Esquadrilhas da Aviação de Caça. Seria uma missão rotineira se com ela, o esquadrão não tivesse alcançado a expressiva marca de 70 mil horas voadas em seus 21 anos de existência. A cerimônia para recepção das aeronaves e dos pilotos que estavam presentes no voo contou com a participação de todo o efetivo e ex-integrantes do esquadrão. Ativado em 28 de setembro de 1995, o 1°/3° GAV é conhecido por ser a primeira unidade de caça no hemisfério Norte e atuar na defesa da Amazônia setentrional. Inicialmente, operando aeronaves T-27 Tucano, fazia parte da extinta Aviação de Ataque. Dez anos após a sua criação, já como Unidade Aérea da Aviação de Caça, o Esquadrão Escorpião recebeu as primeiras unidades dos modernos vetores que reequiparam a linha de voo: o A-29 Super Tucano. Uma aeronave de fabricação nacional que conta com uma aviônica moderna e interface homem-máquina avançada, que permite precisão tanto nas navegações, quanto no emprego do armamento.Atualmente, o Escorpião tem como objetivo alcançar a excelência operacional no cumprimento de missões de ataque, apoio aéreo aproximado, reconhecimento armado, interceptação e formação de líderes de esquadrilha da aviação de caça. Foto: CECOMSAER

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn