Esquadrão Falcão realiza treinamento inédito no Brasil

Unidade treina o içamento a partir de convés com o helicóptero H-36

O Esquadrão Falcão realizou recentemente um treinamento de resgate em embarcação, com apoio da Marinha do Brasil, na Baía do Guajará, no Pará. Pela primeira vez foi utilizada a maca de resgate para realizar o içamento da vítima a partir de uma embarcação com uma aeronave H-36 Caracal no Brasil. Esse método de resgate, conhecido como “convés”, permite que uma vítima, geralmente em estado grave, seja resgatada em uma embarcação, sendo içada através do guincho para o helicóptero. O acionamento ocorre quando existe uma vítima embarcada e sua condição necessita de tratamento urgente, tornando sua sobrevivência uma questão de tempo, pois o transporte pela aeronave é muito mais rápido do que por embarcações. Com o uso da maca, há uma ampliação nas capacidades do esquadrão em resgatar as vítimas, diminuindo a possibilidade de sequelas. Até então, eram utilizados o triângulo de resgate e a alça de içamento, métodos em que a vítima era suspensa presa pela cintura. Com a implantação desse procedimento, um paciente que tenha sofrido fraturas, por exemplo, será resgatado sem que suas lesões se agravem. Missões desse tipo exigem muito preparo e treinamento por parte da tripulação, pois a área de um convés costuma ter muitos obstáculos, além de ser pequena. Destaca-se também a complexidade, devido ao deslocamento da embarcação que faz com que o helicóptero tenha que acompanhá-la durante o procedimento. Para a tripulação, a sinergia encontrada através do preparo técnico e teórico garante a segurança da operação. Foto: CECOMSAER

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn