Exercício simulado validará procedimentos DBQRN no Rio de Janeiro

Equipes de diversas instituições atuarão em conjunto em casos de contaminação química

A Base Aérea dos Afonsos (BAAF), no Rio de Janeiro, sediará a simulação de um cenário de incidente químico durante uma competição esportiva. O foco deste exercício é validar os protocolos DBQRN (sigla para defesa química, biológica, radiológica ou nuclear) da nota técnica conjunta emitida pelos ministérios da Defesa, Saúde e Ciência, Tecnologia e Inovação. Os procedimentos poderão ser utilizados no caso de uma contaminação durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Além de militares da Marinha, do Exército e da Força Aérea Brasileira, o Exercício de Evacuação Aeromédica envolve o Ministério da Saúde, Ministério da Defesa, Corpo de Bombeiros do Rio e Janeiro e outras instituições. Uma das etapas é que, a partir da situação proposta no simulado, as agências envolvidas discutam suas capacidades e proponham qual a melhor forma de utilizá-las, a fim de preservar a integridade física das eventuais vítimas. Depois do estudo da situação, será realizada a atividade prática. As vítimas serão removidas em aeronaves da Força Aérea Brasileira (H-36 Caracal, C-105 Amazonas e C-130 Hércules) para as unidades de saúde especializadas nesse tipo de atendimento. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn