FAB apresenta software usado para analisar desempenho de voo e de armamentos

Programa é utilizado na formação de pilotos e atiradores de defesa antiaérea

Um dos produtos apresentados pela Força Aérea Brasileira na 11ª edição da maior feira de segurança e defesa da América Latina é o Planejador de Missões Aéreas (PMA). O software, desenvolvido pelos pesquisadores do Instituto de Estudos Avançados (IEAV), é utilizado pelos esquadrões de voo da FAB, incluindo a Esquadrilha da Fumaça, na formação de cadetes da Academia da Força Aérea (AFA), e pelos grupos de defesa antiaérea para mensurar o desempenho de atiradores de defesa antiaérea. O programa foi desenvolvido para apoiar o piloto militar no planejamento da navegação aérea, executando tarefas básicas, como exibir uma carta de navegação, traçar rota sobre a carta escolhida, calcular tempo e combustível. Os recursos do programa também podem ser usados como uma ferramenta de integração, em exercícios operacionais nacionais ou internacionais, como a Cruzex, e em operações do Ministério da Defesa, como a Ágata. Os dados captados por sensores instalados em um míssil inerte (mockup) usado para treinamentos e os dados das aeronaves são inseridos no programa que efetua o cruzamento de dados e apresenta a trajetória do tiro e de voo. Os registros permitem visualizar na tela a efetivação ou não dos acertos, o que leva a uma melhora na análise. Na Esquadrilha da Fumaça, o programa está em uso desde 2015, quando o grupo implantou uma nova aeronave para as demonstrações aéreas. O recurso também converte os dados de voo (velocidade, altura, giro, etc) do A-29 Super Tucano em imagens 2D e 3 D. A visualização das manobras contribuiu nos ajustes de tempos para os posicionamentos dos aviões. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn