FAB assina contrato para a aquisição de 28 aeronaves KC-390

Primeira unidade será entregue em 2016

A Força Aérea Brasileira começa a receber a partir de 2016 a primeira de 28 unidades do jato KC-390, o maior avião já projetado no País. As unidades serão entregues ao longo de doze anos, em contrato com valor total de R$ 7,2 bilhões e que também prevê o fornecimento de um pacote de suporte logístico, que inclui peças sobressalentes e manutenção. Os novos aparelhos deverão cumprir todas as missões atualmente realizadas pelos C-130 Hércules, como transporte de tropas e de carga, lançamento de paraquedistas, busca e combate a incêndios. Para isso, o avião deverá ser capaz de pousar em pistas sem asfalto e operar em ambientes que vão do frio da Antártica até o calor da Amazônia. O uso de turbinas a jato permitirá alcançar uma velocidade de até 870 km/h. Já o antecessor não passa dos 671 km/h. O compartimento de carga terá 18,54 metros de comprimento, 3,45 metros de largura e 2,95 de altura. O espaço é suficiente para acomodar equipamentos de grandes dimensões, além de blindados, peças de artilharia, armamentos e até aeronaves semi-desmontadas. O blindado Guarani, por exemplo, cabe dentro do compartimento de carga do KC-390. Também poderão ser levados 80 soldados equipados em uma configuração de transporte de tropa ou 64 paraquedistas ou 74 macas mais uma equipe médica. O peso máximo para cargas é de 23 toneladas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn