FAB completa 1.000 horas de voo com caças A-1M

Aeronave modernizada tem equipamentos como “iscas” para mísseis inimigos

O Esquadrão Adelphi completou 1.000 horas de voo com suas aeronaves de caça A-1M. A unidade da Força Aérea Brasileira é a única que opera essa versão. O marco foi alcançado com uma missão de apoio aéreo aproximado, realizada durante o Exercício Boca do Monte, na Base Aérea de Santa Maria/RS. Desenvolvido pelo Brasil em parceria com a Itália, o caça A-1 entrou em operação na FAB em 1989. Em setembro de 2013, o Esquadrão Adelphi recebeu o primeiro A-1M, versão modernizada com radar multimodo, novos sistemas de navegação e mira, equipamentos para enganar os sistemas de guiagem de mísseis inimigos e uma cabine mais moderna, entre outras modificações.A modernização é realizada na fábrica da Embraer em Gavião Peixoto/SP. Até agora, o Esquadrão recebeu três A-1M. Os Esquadrões Poker e Centauro, ambos da Base Aérea de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, operam as versões A-1A e A-1B. Foto: Benito Latorre

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn