FAB testa novas técnicas para a aviação de transporte

Objetivo é aumentar a segurança das operações em ambientes hostis

Voos mais baixos, flexibilidade nos horários de lançamentos de carga ou de paraquedistas e maior análise de inteligência para operar em ambientes hostis. Essas são algumas das novidades testadas durante o exercício operacional da aviação de transporte da Força Aérea Brasileira, a Transportex, que reúne cerca de 600 militares em Campo Grande/MS. Para testar as novas técnicas, um cenário de combate foi montado no Mato Grosso do Sul, onde há a simulação de ameaças no solo e no ar com a utilização de radares e sistemas de lançamento de mísseis portáteis. São situações que podem surgir durante a missão e exigir a aplicação de medidas evasivas. A atividade coloca em prova não só a atuação da tripulação, mas os sistemas de autodefesa das aeronaves C-130 Hércules e C-105 Amazonas. A coleta e análise das lições aprendidas após cada evento apontam os acertos e os ajustes necessários para aperfeiçoar as técnicas. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER/Ten. Enilton

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn