Forças Aéreas do Brasil e do Peru treinam defesa aérea na Amazônia

Exercício operacional PERBRA tem como objetivo coibir voos ilícitos na região de fronteira

As cidades de Cruzeiro do Sul, no Estado do Acre e Pucallpa, no Peru, sediam a quinta edição do exercício binacional PERBRA, envolvendo as forças aéreas do Brasil e do Peru. Pilotos e controladores de tráfego aéreo vão treinar juntos procedimentos de interceptação de aeronaves em voos ilícitos simulados entre os dois países. O exercício consiste em um avião C-98 Caravan, da Força Aérea Brasileira, sair de Cruzeiro do Sul em direção ao Peru e ser interceptado por caças A-37 Dragonfly da Força Aérea do Peru. No retorno, ocorre mais uma interceptação, dessa vez por caças A-29 Super Tucano da FAB. Além dos treinamentos dos pilotos, controladores de tráfego aéreo trabalham juntos em Manaus e em Pucallpa, onde estão os centros de defesa aérea das duas forças aéreas responsáveis pela região Amazônica. Também participam do exercício aviões de apoio e helicópteros para o alerta de busca e salvamento. Foto: CECOMSAER-Sgto. Johnson

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn