GE Aviation busca aprovação da EASA para adotar diesel em motores turboélice

Mudança vai gerar economia de US$ 225 mil

A companhia GE Aviation apresentou pedido à Agência Europeia para a Segurança da Aviação para utilizar o diesel S-10 na família de motores turboélice H Series, utilizada em aeronaves dos mercados agrícola e executivo. A aprovação ajudaria os operadores brasileiros desse modelo de turbina a reduzir os custos de combustível em até 25%. O motor H Series consome em média 648 mil litros de combustível antes de sua primeira revisão, programada com 3.600 horas acumuladas de voo. Com o diesel S-10, operadores poderiam economizar mais de US$ 225 mil em custos de combustível entre uma revisão e outra. O motor H Series equipa nove modelos de aeronaves, incluindo o Thrush 510G, Nextant Aerospace G90XT e Let 410. A família de motores oferece a opção única ou dupla de regulação das hélices, oferecendo maior flexibilidade aos clientes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn