Helibras recebe primeiros créditos por offset do helicóptero EC725

Novas cartas de reconhecimento de crédito somam cerca de 10,9 milhões de euros para o país

A fabricante Helibras recebeu os primeiros reconhecimentos de crédito de compensação pelo offset do programa H-XBR, referentes à absorção de novos conhecimentos e tecnologias de produção no Brasil do helicóptero EC725. Neste novo marco alcançado pela empresa, as duas cartas emitidas pela COPAC (Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate) chegam a mais de 7,5 milhões de euros. A empresa também foi novamente reconhecida por mais uma etapa cumprida no contrato de Cooperação Industrial, agora relacionada à entrega do conjunto de aviônicos, produzidos no Brasil pela AEL Sistemas, para o vigésimo helicóptero desse modelo fornecido às Forças Armadas, com um crédito no valor de 3,4 milhões de euros. O reconhecimento da COPAC também se estendeu ao treinamento prático da equipe nas atividades de suporte aos clientes no sistema HUMS, realizado durante cinco meses na Airbus Helicopters, com análise de dados reais da frota e preparação de documentos e relatórios. Os créditos do offset contemplam ainda as atividades relativas ao suporte técnico que a Helibras está oferecendo à Brascopter, empresa brasileira de tecnologia em asas rotativas. O reconhecimento abrange a transferência de equipamentos, sistemas e documentação, como a licença de uso do software Rotor Code para o DCTA – Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, e também a entrega de um relatório contendo as especificações de uma torre de giro (whirl tower) em escala reduzida para teste e balanceamento dinâmico das pás do rotor das aeronaves, itens que contribuem para a ampliação do domínio da tecnologia de helicópteros no país. Com todas as cartas de reconhecimento de crédito emitidas e entregues à Helibras desde o ano passado, o Brasil confirmou o recebimento total de 295,8 milhões de euros em compensações de uma obrigação contratual no valor total de 1,9 bilhão de euros.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn