Helicópteros de ataque da FAB treinam combate aéreo

Pilotos simulam situações em que os AH-2 Sabre enfrentam outra aeronave do tipo

O Esquadrão Poti que opera os helicópteros de ataque da Força Aérea Brasileira AH-2 Sabre retomou em junho, o treinamento de combate aéreo similar. O termo se refere a situações em que dois helicópteros do mesmo modelo se enfrentam em combate aéreo. Esse tipo de exercício já era realizado desde 1996, quando o esquadrão ainda operava os helicópteros H-50 Esquilo e foi interrompido em 2010 durante o processo de implantação dos AH-2 Sabre na FAB. O objetivo do treinamento é habilitar os pilotos da unidade, sediada em Porto Velho/RO, para o cumprimento de todas as ações de força aérea atribuídas ao esquadrão, como escolta, varredura, defesa aérea e interceptação. O treinamento teve início com a fase de combates 1 contra 1. O próximo passo, é retomar também os voos mais avançados de combate aéreo, incluindo o combate 2 contra 1 similar. Em seguida, o foco passará a ser o combate dissimilar, quando o helicóptero enfrenta um outro tipo de aeronave como o caça A-29 Super Tucano. Foto: CECOMSAER-Sgto. Carlos Eduardo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn