INCAER celebra 80 anos da antiga Estação de Hidroaviões

Prédio é atual sede do Instituto e foi inaugurado em 1938

O Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER), localizado no Rio de Janeiro, realizou um evento com apresentação musical para celebrar os 80 anos da antiga Estação de Hidroaviões do Aeroporto Santos Dumont, que é a sede da unidade. O prédio foi inaugurado em 1938, em pleno coração da então Capital Federal. Pela sua importância arquitetônica, histórica e paisagística, o prédio foi tombado pela Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN), atual Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 29 de janeiro de 1957. A Estação de Hidroaviões foi construída em consonância com os princípios de funcionalidade espacial e construtiva e apresenta a estrutura livre de concreto armado, pilotis, grandes marquises em balanço e fachadas de vidro. O edifício, projetado em dois andares, tem as paredes externas e internas revestidas de mármore travertino romano. Nele, foram contempladas todas as características de um terminal de transporte aéreo, possuindo, no primeiro pavimento, o hall de passageiros e de despacho, companhias, polícia, alfândega, saúde e dependência para pilotos. Os pavimentos são conectados internamente por uma escada helicoidal. No segundo andar, há um salão para restaurante e bar, que circunda o vazado do hall e se abre para um terraço descoberto, possibilitando ampla vista para a Baía de Guanabara. Uma escada no terraço, em formato caracol, leva até o jardim, onde uma marquise, conduzia os passageiros, abrigados, até o ancoradouro para o embarque nos hidroaviões. A estação funcionou por um período de quatro anos, encerrando suas atividades em 1942. Logo depois, os hidroaviões começaram a ser substituídos pelos aviões com rodas, em uma nova fase da aviação comercial. O prédio continuou sendo utilizado até a década de 50, servindo de estação de passageiros para o Aeroporto Santos Dumont. Um vídeo sobre a importância cultural da estação está disponível no endereço https://www.youtube.com/watch?v=5JZ__tKuZ6Y&feature=youtu.be  Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER/Cabo Feitosa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn