Ipanema 203 realiza primeiro voo experimental

Nova versão possui dois metros a mais de envergadura de asa em relação ao modelo anterior e hopper com capacidade 16% maior em volume

A unidade pré-série do novo avião agrícola desenvolvido pela fabricante Embraer e denominado Ipanema 203, voou pela primeira vez na unidade de Botucatu/SP, onde o aparelho é produzido. A nova versão possui dois metros a mais de envergadura de asa em relação ao modelo anterior e hopper com capacidade 16% maior em volume. A nova envergadura da asa permite uma faixa de deposição 20% maior, o que aumenta ainda mais a sua produtividade. Depois de pesquisas em conjunto com a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), os winglets foram reprojetados. O resultado foi a diminuição da área lateral da aeronave, aumentando o controle e melhorando a eficiência da pulverização. O avião tem novo sistema de ar condicionado, cinto de segurança com air bag e cabine mais alta, com novo conceito ergonômico. O assento foi reformulado e revestido por couro natural perfurado, que permite fácil limpeza, transpiração e possui maior durabilidade. As alavancas de comando e os pedais foram reprojetados, com ângulos mais suaves. Tudo isso para facilitar o dia a dia do operador, permitindo que ele desempenhe seu trabalho com maior conforto e eficiência. O Ipanema é utilizado principalmente na pulverização de fertilizantes e defensivos agrícolas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn