FAB

Em quatro dias foram lançadas dez bombas no estande de tiros de Marambaia, no Rio de Janeiro

O Esquadrão Orungam encerrou o exercício que marcou o início do emprego armado da aeronave P-3AM Orion. Durante quatro dias foram lançadas dez bombas em alvo localizado no estande de tiros de Marambaia, a 18 quilômetros da Base Aérea de Santa Cruz (BASC), no Rio de Janeiro. No último disparo, duas bombas foram lançadas em sequência. O procedimento aumenta as chances de assertividade e é utilizado principalmente para atingir alvos de grande porte, como submarinos. O P-3AM possui 18 pontos de fixação de armamentos, sendo dez nas asas e oito no alojamento de bombas. A Força Aérea Brasileira aguarda a chegada do míssil americano antinavio AGM-84L Harpoon, que consolidará efetivamente o emprego armado da aeronave.