Militares da FAB realizam cursos de adaptação à nova aeronave de busca e salvamento

Capacitação tem duração de dois meses e é oferecida pela fabricante

Seis militares da área de comunicações e eletrônica do Esquadrão Pelicano estão, desde o início de janeiro em Sevilha, na Espanha. Os sargentos participam dos cursos de adaptação ao Casa C-295, aeronave especializada em Busca e Salvamento, que foi adquirida pela Força Aérea Brasileira e será recebida em 2017. A capacitação tem duração de dois meses e é oferecida pelo Internacional Trainning Centre (ITC), órgão subordinado à Airbus Defense & Space. Os cursos têm o objetivo de orientar os militares sobre como operar os novos sistemas SAR embarcados na aeronave. O Mission Suport Center (MSC) é uma das novidades do C-295, que permite que todas as informações, dados, áudios ou vídeos de uma missão de resgate, por exemplo, sejam transmitidos, em tempo real, para uma sala do esquadrão. No início de março, a segunda turma composta por seis pilotos também desembarca em Sevilha para realizar os cursos. A instrução prática e os voos ocorrem nas últimas semanas de treinamento. Já a parte de manutenção dos sistemas acontece em julho, no Brasil. No final de 2016, a FAB participou de uma fase de ensaios no solo e em voo com a aeronave. Os testes foram realizados nas instalações da fabricante na cidade de Sevilha, na Espanha. Todos os voos de certificação contaram com uma tripulação mista, sendo um piloto do Instituto de Pesquisa e Ensaios em Voo (IPEV) e um piloto da Airbus, além do gerente técnico do projeto na FAB e de representantes técnicos das diversas áreas de engenharia da empresa. Os ensaios avaliaram o sistema de navegação da aeronave. Foram realizados deslocamentos para a realização de aproximações IFR (regras de voo por instrumento) em aeródromos onde pudesse ser comprovado o cumprimento dos requisitos contratados. Foto: CECOMSAER

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn