Militares treinam estratégias de defesa aérea para os Jogos Olímpicos

Simulações avaliam planejamento, coordenação, execução e controle do sistema de defesa aeroespacial brasileiro

Militares do Exército, Marinha e Aeronáutica participam do Exercício Simulado Olimpex, no Instituto de Controle do Espaço Aéreo (ICEA), em São José dos Campos/SP. Trata-se de um exercício preparatório para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, no qual são simulados e avaliados os processos de planejamento, coordenação, execução e controle do Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (SISDABRA) em cenários previamente estabelecidos. O enfoque é o nível de tomada de decisões, pondo a prova o conhecimento e experiência dos membros de cúpula responsáveis pelo gerenciamento da Defesa Aeroespacial no Brasil. Os exercícios são simulados a partir de seis cenários criados virtualmente em 110 situações onde os militares envolvidos possam praticar e definir quais as estratégias que devem ser tomadas para garantir a defesa do espaço aéreo durante os eventos. São realizados três cenários por dia e cada um com duração de uma hora e meia. As diretrizes de planejamento e gerenciamento do fluxo de tráfego aéreo usadas na Olimpex também foram aplicadas nos grandes eventos que o Brasil sediou como a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio +20), em 2012, a Copa das Confederações de Futebol e a Jornada Mundial da Juventude Católica, ambas em 2013 e a Copa do Mundo de Futebol em 2014. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn