ONU vistoria aeronaves da FAB para emprego em missões de paz

Cinco aparelhos foram colocadas à disposição sendo um C-105 Amazonas, dois H-60 Black Hawk e dois A-29 Super Tucano

Empregar aeronaves da Força Aérea Brasileira em missões de paz. Esse é o objetivo da vistoria de uma comitiva da Organização das Nações Unidas (ONU) a esquadrões aéreos em Manaus/AM e Porto Velho/RO a partir desta semana. A visita de assessoramento e aconselhamento faz parte de um programa da instituição que avalia as condições de emprego aéreo dos países voluntários, chamado United Nations Peacekeeping Capability Readiness System (UNPCRS). Cinco aeronaves da FAB foram colocadas à disposição para atuarem em missões de paz: um C-105 Amazonas, dois H-60L Black Hawk e dois A-29 Super Tucano. A visita da ONU visa avaliar as condições de emprego, assim como o histórico de missões. O Brasil, atualmente, está no nível 1 do programa, quando coloca à disposição os meios aéreos e se candidata a operações de paz. Ao todo, o UNPCRS possui quatro fases. A vistoria in loco pode elevar o Brasil ao nível 3, quando a operacionalidade é aprovada pela ONU dentro de todos os pré-requisitos necessários (nível 2) e se dá início ao planejamento das missões de paz (nível 3). A última etapa é a prontidão para o emprego em no máximo 90 dias. Doze países em situação de conflito fazem parte da lista da ONU, como Chipre, Líbano, República Centro Africana e Congo. Quatro países tiveram baixa aceitação depois de avaliação minuciosa do Ministério das Relações Exteriores (MRE) e do MD, por questões logísticas e de risco, como Sudão do Sul e Mali. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn