P-3AM da FAB realiza vigilância noturna no oceano Atlântico

Modelo pode realizar voos com até 16 horas de duração

Uma aeronave P-3AM Orion realizou na última semana uma missão no arquipélago brasileiro de Trindade e Martim Vaz, localizado no oceano Atlântico, a cerca de 1.200 km a leste de Vitória/ES. A aeronave decolou de Salvador/BA, sede do esquadrão e efetuou uma missão de vigilância noturna das águas brasileiras mais afastadas da nossa Zona Econômica Exclusiva (ZEE). Esse tipo de missão só é possível porque o P-3AM tem grande raio de ação de patrulhamento marítimo, sendo capaz de realizar voos com até 16 horas de duração. Os sensores embarcados possibilitam a investigação de embarcações também no período noturno, condição mais vulnerável para a vigilância dessas áreas, constantemente explorada por contraventores. Com esses equipamentos, o aparelho consegue identificar uma embarcação por meio de suas principais características e classificá-las de acordo com o interesse da tripulação, tais como pesqueiros, navios de pesquisa ou navios mercantes. Missões como a do arquipélago permitem localizar, identificar e repassar todo o cenário do tráfego marítimo para embarcações da Marinha do Brasil e direcionar a atividade de policiamento para as áreas mais críticas
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn