Padronização de instrução aérea é tema de estágio pioneiro

Evento será realizado em Porto Alegre entre os dias 1° e 2 de junho

Preservar vidas humanas e indicar o caminho da profissionalização às futuras tripulações da aviação brasileira. Essa é a motivação dos investigadores do Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA V), localizado em Canoas/RS, para promover o primeiro Estágio de Padronização de Instrução Aérea (EPIA). O evento será realizado nos dias 1º e 02 de junho, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. O estágio vai apresentar boas práticas e ferramentas de padronização para aperfeiçoar o trabalho dos instrutores de voo, bem como melhorar o desempenho de alunos que se preparam para ingressar na atividade aérea. O público-alvo é diretores de aeroclubes e de escolas de aviação, gerentes de segurança operacional, instrutores de voo e alunos. As palestras, proferidas pelos investigadores do órgão regional, debaterão temas como o panorama atual da aviação de instrução no Brasil, aspectos psicológicos, didática aplicada à instrução aérea, comunicação, preenchimento de fichas de avaliação, aerodinâmica e desempenho em aeronaves de baixa performance, legislação e erros mais comuns em acidentes de instrução. Mais informações no portal www.fab.mil.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn