Parque de Material Aeronáutico de SP organiza acervo com motores de aviões de combate

Memorial estará aberto ao público a partir de dezembro

A história operacional da Força Aérea Brasileira contada a partir de motores. Sim, as máquinas que impulsionaram aviões de combate desde 1941, como o P-16 e o Gloster, integram um acervo com mais de 15 motores do Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (PAMA-SP). A unidade responsável pela manutenção dos principais vetores de alto desempenho vai inaugurar em dezembro o “Memorial de Motores”. Outro item em exposição é o motor do P-16 Tracker. Lançada em 1931, a aeronave operou a bordo do porta-aviões A-11 Minas Gerais da Marinha do Brasil e foi usada em missões de treinamento e na formação de pilotos. A origem do parque remonta a 1931, quando o local abrigou o primeiro hangar de manutenção de motores, a oficina Wright. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn