Reabastecedor aéreo não tripulado da Boeing completa o primeiro voo

Fabricante produzirá quatro veículos aéreos MQ-25 para a Marinha dos EUA sob um contrato de US$ 805 milhões concedido em agosto de 2018

A fabricante norte-americana Boeing e a Marinha dos EUA concluíram com sucesso o primeiro voo de teste do reabastecedor aéreo não tripulado MQ-25. O protótipo completou o voo autônomo de duas horas sob a direção de pilotos de teste da empresa que operam em uma estação de controle de solo no Aeroporto St. Louis, Illinois, onde o programa de teste é baseado. A aeronave completou um táxi e decolagem autônomos e em seguida, voou uma rota pré-determinada para validar as funções e operações básicas de voo da aeronave com a estação de controle de solo. O ativo de teste é um antecessor das versões de desenvolvimento de engenharia (EDM) e está sendo usado para aprendizado e descoberta precoces, a fim de atender às metas do programa de aquisição acelerada da Marinha dos EUA. A Boeing produzirá quatro veículos aéreos MQ-25 para a Marinha sob um contrato de US$ 805 milhões concedido em agosto de 2018. O modelo recebeu seu certificado de aeronavegabilidade experimental da FAA este mês para verificar se atende aos requisitos da agência para um voo seguro. Os testes continuarão para aprimorar ainda mais o aprendizado e a descoberta, que avançam os principais sistemas e desenvolvimento de software.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn