Reestruturação na Área de Controle da Terminal São Paulo é tema de encontros

Controladores de tráfego, representantes de empresas aéreas e associações da aviação civil participaram das reuniões

O Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP) promoveu, no período de 2 a 6 de julho, reuniões com o objetivo de construir ideias para a projeção da nova circulação aérea Terminal São Paulo, região de maior movimento do país. Esta é uma das etapas do projeto de reestruturação denominado Projeto TMA-SP Neo. O programa visa à diminuição da carga de trabalho de controladores de tráfego aéreo e pilotos, a redução do consumo de combustível e da emissão de gás carbônico pelas aeronaves e a absorção do crescimento da demanda do tráfego aéreo pelos próximos dez anos. A intenção é manter a política de melhoria contínua aplicada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). Militares de organizações relacionadas ao controle de tráfego aéreo, representantes de empresas aéreas e associações da aviação civil estiveram nos encontros. As reuniões foram divididas em dois grupos. A primeira equipe se responsabilizou pelo novo desenho da Terminal, enquanto a segunda visou a determinação dos objetivos do projeto e a criação do plano de medição de performances. O propósito do projeto é aumentar a eficiência do tráfego aéreo por meio da remodelação das rotas de voo por instrumentos dentro da Terminal com a inserção das técnicas da Navegação Baseada em Performance (PBN), que permite as aeronaves com equipamentos específicos voem em rotas de navegação aérea (RNAV) a menores distâncias longitudinais e laterais. A adoção dessas técnicas trará redução do consumo de combustível e, consequentemente, menores emissões de carbono, além da otimização do trabalho dos controladores de voo. Mais informações no portal www.fab.mil.br Foto: CECOMSAER

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn