SERIPA V forma novos agentes de prevenção de acidentes aeroagrícolas

Curso abordou temas como perda de controle em voo, fadiga e segurança operacional

O Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA V), localizado em Canoas/RS, concluiu a quinta edição do Curso de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. O curso de duas semanas de duração, capacitou gestores de segurança operacional, proprietários de empresas, pilotos, fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e outros profissionais da área. O estudo abordou as normas legislativas e desenvolveu temas como violações na aviação agrícola, perda de controle em voo, automedicação, fadiga em voo, segurança na manutenção de aeronaves, vistoria, segurança operacional, aspectos jurídicos e outros assuntos pertinentes. No Brasil atualmente existem cerca de 2.000 aeronaves registradas pela aviação agrícola e 1.316 empresas, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil. A média da frota é de 22 anos. Trata-se de uma aviação que opera no limite e necessita de atenção, tendo em vista o alto índice de acidentes registrados. Mais informações no portal www.fab.mil.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn