Treinamento de bombeiros livra 20 aeroportos de restrições à operação

Programa de capacitação preenche déficit de profissionais em aeródromos de oito Estados

Vinte aeroportos de oito Estados ficaram livres de restrições operacionais entre 2013 e meados de 2014, após receberem bombeiros treinados pela Secretaria de Aviação Civil. Em alguns casos, a falta de profissionais especializados em combate a incêndio em aeródromos ameaçava provocar o fechamento dos terminais. Do início de 2013 até a metade deste ano, foram capacitados 800 bombeiros de aeródromo pelo programa. O número representa o preenchimento de 72,7% do déficit desses profissionais no Brasil. De acordo com levantamento realizado no fim de 2012 pela secretaria, os aeroportos brasileiros precisariam de 1.100 bombeiros até o fim de 2015 em 115 aeroportos regionais. Desses, 84 já foram atendidos. Em 2013 foram formados 386 bombeiros de aeródromos e 66 gestores de Serviço de Prevenção, Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis (SESCINC). Em 2014, foram 348 bombeiros até o mês de junho. Para o segundo semestre, estão previstas três turmas de formação para a categoria e outras três para gestor, cada uma com 40 vagas. Em 53 dos 115 aeródromos regionais contemplados nesta fase há voos regulares. Empresas aéreas já manifestaram interesse em operar nos outros 62. Mais informações no portal www.aviacaocivil.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn