A FAA e o estado de Kansas criarão um corredor para testes supersônicos

Por meio de um acordo com a Administração Federal de Aviação (FAA – Federal Aviation Administration), o estado de Kansas criou  um corredor para testes supersônicos de aeronaves como o Lockheed Martin/NASA X-59.

O estado do Kansas está abrindo caminho para testes supersônicos de aeronaves de até Mach 3, conhecido como Corredor de Transporte Supersônico do Kansas.

Este será o local ideal para testes da emergente indústria de aviões supersônicos civis, já que esse tipo de voo é proibido sobre o continente. Os voos do Aerion AS2 são esperados para 2025 e os testes de ruído da NASA com o X-59 começarão em 2024.

A Aerion, planeja testar a tecnologia “Boom Cruise”, projetada para evitar que o boom sônico chegue ao solo, enquanto a Boom está procurando tecnologias de baixo boom para sua abertura para avião comercial.

Durante o anúncio do acordo, o senador do Kansas Jerry Moran lembrou que este ano se comemoraram os 73 anos do voo em que Chuck Yeager quebrou pela primeira vez a barreira do som. O corredor de voo supersônico Kansas terá um papel único na próxima geração de transporte supersônico”, afirmou o senador.

O corredor bidirecional de 770 nm (1.425 km), será projetado passando direto sobre Wichita. Ele começará perto de Garden City e irá quase até Pittsburg, em altitudes acima do FL390 (11.900 m). Foto Lockheed Martin

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn