Airbus comenta os resultados de 2020

 Como já divulgamos, Airbus entregou 566 aeronaves comerciais para 87 clientes no ano passado, uma queda de um terço em relação a 2019.

No entanto, o fabricante disse que o número representa a “resiliência” de seu modelo de negócios.

O consórcio europeu recebeu 268 pedidos firmes de aviões, depois de 115 cancelamentos, e tem atualmente tem uma carteira de pedidos de 7.184 aeronaves.

A família Airbus A320 representou a maior parte das entregas, com 446 aviões saindo das linhas de produção, um total de 19 A330, 59 A350 e quatro A380 completaram os números.

Para superar as restrições de viagens internacionais, a equipe da Airbus desenvolveu uma solução inovadora de e-delivery que representou mais de 25 por cento das entregas de 2020, permitindo que os clientes recebessem suas aeronaves e minimizando a necessidade de suas equipes viajarem.

“Trabalhar de mãos dadas com nossos clientes nos permitiu navegar um ano difícil. As equipes, clientes e fornecedores da Airbus realmente se uniram em face da adversidade para entregar esse resultado. Agradecemos também nossos parceiros e governos por seu forte apoio ao setor”, disse Guillaume Faury, presidente-executivo da Airbus.

 Foto: Airbus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn