Airbus dá novo passo na pesquisa europeia de fluxo laminar

Marco foi a primeira decolagem de um jato A340 equipado com seções de asa exteriores projetadas para um fluxo de ar altamente suave sobre suas superfícies

A fabricante europeia Airbus iniciou a pesquisa mais recente para reduzir ainda mais o consumo de combustível dos aviões de passageiros. O marco foi a primeira decolagem de um protótipo do jato A340 equipado com seções de asa exteriores projetadas para um fluxo de ar altamente suave sobre suas superfícies. Conhecido como fluxo laminar natural, tal passagem de ar suavizada cria menos arrasto do que o fluxo de ar em asas tradicionais, potencialmente reduzindo a queima de combustível em até 4,6% em uma viagem de 800 milhas náuticas. Designado como projeto BLADE, este esforço de pesquisa utiliza o avião A340 com parte das asas substituídas por painéis de aproximadamente dez metros de comprimento. Esses equipamentos representam cerca de dois terços do tamanho da asa em um avião de curto ou médio alcance, para o qual a tecnologia de fluxo laminar é considerada mais adequada. O projeto envolve 21 parceiros europeus com 500 colaboradores. Mais informações no portal www.airbus.com. Foto: Airbus-S.Ramadier

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn