Airbus decide produzir seis aeronaves Beluga XL

Unidade adicional permitirá acomodar uma série de potenciais futuros cenários

Como a produção de aeronaves Beluga XL continua a avançar conforme o planejado, a fabricante europeia Airbus decidiu construir mais um exemplar de transporte para a frota. Essa expansão do número originalmente planejado de cinco unidades para seis, garantirá que a capacidade oferecida pelos jatos A330 modificados adaptados para transportar grandes componentes de fuselagem dentro da rede de produção da empresa, possa acomodar uma série de potenciais futuros cenários. O primeiro Beluga XL realizou sua decolagem inicial em julho de 2018 e agora está sendo usado em testes de compatibilidade e verificação em locais da rede industrial europeia, incluindo uma viagem durante o último mês de fevereiro levando um conjunto de asas A350 XWB de Bremen, Alemanha para Toulouse, França. Neste mês, o segundo transportador foi pintado na instalação de Toulouse. O modelo entrará oficialmente em serviço ainda este ano e em 2023, as seis aeronaves estarão totalmente operacionais, substituindo a frota existente de cinco A300-600ST. Isso, no entanto, não sugere o fim das operações desta versão anterior e seu futuro está sendo considerado atualmente. Foto: Airbus/S.Ramadier

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn