Airbus e Tailândia implementam programa de treinamento para pilotos e mecânicos

Fabricante prevê a demanda de 220.000 novos pilotos e mais de 260.000 técnicos na região Ásia-Pacífico nos próximos 20 anos

A fabricante europeia Airbus e o Centro de Treinamento de Aviação Civil da Tailândia (CATC) assinaram um memorando de entendimento para implementarem projetos de treinamento de manutenção e cursos para pilotos no país. O objetivo é apoiar o desenvolvimento da indústria aeronáutica do país, ajudando a garantir que haja um fornecimento constante de pilotos, engenheiros e mecânicos para as companhias aéreas da Tailândia e centros de manutenção, reparo e revisão (MRO). A Airbus prevê uma demanda de 220.000 novos pilotos e mais de 260.000 novos técnicos na região Ásia-Pacífico nos próximos 20 anos. O novo acordo faz parte de uma parceria de longa data entre o fabricante e a Tailândia. A Thai Airways International foi um dos primeiros clientes com um relacionamento que remonta a 1977. Hoje, a THAI e suas subsidiárias operam aeronaves narrowbody e widebody da Airbus, incluindo a família A320, A330, A350 e A380. A Bangkok Airways e a Thai AirAsia também são importantes operadoras da família de aeronaves Airbus A320 em sua extensa rede regional fora do país. A empresa aprofundou seu relacionamento com o país asiático em junho de 2018, quando assinou um contrato para trabalhar em uma joint venture de MRO no Aeroporto de U-Tapao.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn