Airbus inaugura academia de voo para ampliar serviços de treinamento a cadetes e pilotos

Objetivo é treinar até 200 profissionais anualmente para suprir o mercado da Europa estimado em 94.000 pilotos nos próximos 20 anos

Para atender à alta demanda de mercado por treinamento de pilotos e cadetes na Europa, onde serão necessários cerca de 94.000 novos profissionais nos próximos 20 anos, a fabricante Airbus decidiu abrir sua própria academia de voo e estender sua oferta de serviços de treinamento ao seu portfólio. Alavancando sinergias entre divisões, a academia com sede na França, usará instrutores padronizados para oferecer o programa aprovado pela EASA no final de 2018, complementando as fases de treinamento intermediário e avançado que já estão disponíveis e são fornecidos na rede de treinamento existente em 17 locais em todo o mundo. O objetivo é treinar até 200 cadetes e pilotos anualmente. Utilizando uma frota de aeronaves monomotor e multimotor equipadas com tecnologia totalmente digital de cockpit, bem como os mais recentes simuladores de voo, o programa de treinamento fornecerá aos alunos as habilidades e a mentalidade necessárias para se tornarem “pilotos operacionalmente prontos”, importante desenvolvimento das principais competências técnicas e comportamentais do profissional. O sistema está aberto para graduados do ensino médio com mais de 18 anos em todo o mundo. Os candidatos passarão por testes de triagem online e no local antes de serem elegíveis para o treinamento, que incluirá 750 horas de ensino fundamental, além de 200 horas de treinamento de voo. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn