Airbus informa resultados do primeiro trimestre 2021

 

No período, o consórcio europeu entregou125 aeronaves comerciais entregues em um ambiente de mercado que permanece incerto.

“Os bons resultados do primeiro trimestre refletem principalmente nosso desempenho de entrega de aeronaves comerciais, contenção de custos e caixa, progresso com o plano de reestruturação, bem como contribuições positivas de nosso helicóptero e atividades de defesa e espaciais”, disse o CEO da Airbus, Guillaume Faury. “O primeiro trimestre mostra que a crise ainda não acabou para o nosso setor e que o mercado continua incerto. Estamos investindo em inovação e na transformação de nossa empresa para cumprir nossas ambições de longo prazo em todo o portfólio.”

Os pedidos brutos de aeronaves comerciais totalizaram 39 (Q1 2020: 356 aeronaves) e incluíram 38 aeronaves de um corredor. Após os cancelamentos, os pedidos líquidos de aeronaves comerciais foram de -61 (Q1 2020: 290 aeronaves) com a carteira de pedidos compreendendo 6.998 aeronaves em 31 de março de 2021. A Airbus Helicopters registrou 40 pedidos líquidos (Q1 2020: 54 unidades), incluindo 2 aeronaves da família Super Puma e 1 H160. A entrada de pedidos da Airbus Defense and Space por valor foi de € 2,0 bilhões (Q1 2020: € 1,7 bilhão) e incluiu grandes ganhos de contratos em Sistemas Espaciais e pedidos de serviços recorrentes em Aeronaves Militares.

Foto: Airbus

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn