Airbus lança programa de treinamento de pilotos no México

Programa foi criado para ajudar a atender a demanda global por profissionais nos próximos 20 anos

Em sua mais recente previsão de serviços globais, a fabricante europeia Airbus prevê que um total de 540.000 novos pilotos serão necessários nas próximas duas décadas. Para ajudar a atender a essa demanda, está lançando um novo programa de treinamento para cadetes. O projeto está sendo lançado em parceria com a Escola de Aviação do México (EAM), localizada perto do Centro de Treinamento da Airbus no país. Depois de concluir seu treinamento inicial com a EAM, os cadetes se qualificarão no centro para se tornarem pilotos do modelo A320. A empresa utilizará seu programa baseado na EASA para oferecer um treinamento inovador, de alta qualidade e econômico. Os clientes da Airbus poderão delegar atividades de triagem e recrutar pilotos competentes treinados para padrões globais harmonizados. Os cadetes se beneficiarão de um projeto completo e totalmente integrado de Licença de Piloto de Companhias Aéreas (ATPL), construído com base nos altos padrões da Airbus e na experiência mundial em treinamento destes profissionais. O programa visa equipar os cadetes com as habilidades e mentalidade necessárias para se tornar um “piloto operacionalmente pronto”. A fabricante também oferece um curso de transição entre a licença local e a licença da EASA, permitindo que os cadetes ampliem seu escopo de futuros empregadores, ao mesmo tempo em que garantem os mesmos altos padrões de um currículo de treinamento harmonizado. O programa será aberto a jovens maiores de 18 anos que se formaram no ensino médio. Espera-se que o primeiro lote de cadetes comece a treinar em janeiro de 2019, graduando-se em julho de 2020. Parcerias similares estão planejadas em todo o mundo nos próximos anos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn