Airbus planeja aumentar a produção do A320

 

Airbus está planejando aumentar a produção de sua família de aeronaves A320 para ultrapassar o número mensal de aviões fabricados em 2019. A fabricante de aviões baseada em Toulouse, tem planos de aumentar a produção de 60 para 63 aviões por mês em 2021.

Em 2019, a Airbus estava fabricando 60 jatos da família A320 por mês. O CEO da Airbus, Guillaume Faury, disse que não achava que os níveis de 2019 seriam vistos novamente antes de 2025. Apesar do severo impacto que o coronavírus estava tendo na aviação, a Airbus ainda conseguiu entregar 556 aeronaves em 2020, das quais 446, sem contar o A220, eram jatos narrowbody.

O aumento nas taxas de produção aumentará constantemente, chegando a 51 aviões por mês em janeiro de 2022, 57 em julho e 61 por mês em janeiro de 2023.

Em outubro, a Airbus lançou seu terceiro Beluga XL baseado no cargueiro A330-200, que será usado para transportar várias peças de aeronaves em todo o mundo. Além disso, a Airbus, de acordo com Die Welt, construiu um enorme depósito de 45.000 m2 em suas instalações em Hamburgo, com inauguração prevista para julho, o mega warehouse permitirá à Airbus controlar melhor sua logística e trem de abastecimento.

Enquanto as companhias aéreas tiveram que reduzir o número de voos que estão oferecendo devido à desaceleração da demanda e à proibição de viagens, a Airbus espera que a família de aeronaves A320 venda bem. As vendas de aeronaves narrowbody de corredor único devem permanecer robustas, com as operações domésticas e regionais previstas para se recuperar mais cedo do que os voos internacionais de longo curso.

Os voos de longa distância também estão prestes a passar por uma reforma com aviões como o Airbus A321LR, prontos para abrir os mercados transatlânticos, onde operar um jato widebody não teria sido lucrativo.

Foto: Airbus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn